21 de Julho de 2024 - Ano 10
NOTÍCIAS
Saúde
12/06/2024

Como funciona medicação promissora para tratamento do Alzheimer

Foto: Reprodução

Donanemabe é fabricado pela farmacêutica Eli Lilly. Medicação retardou o avanço do Alzheimer em pacientes com declínio cognitivo leve

Um comitê de especialistas independentes convocados pela Food and Drug Administration (FDA), agência dos Estados Unidos equivalente à Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), votou por unanimidade na segunda-feira (10/6) pela aprovação do donanemabe, medicação experimental contra o Alzheimer.

 

A doença de Alzheimer não tem cura e não há tratamento ou modificação no estilo de vida que possa restaurar a perda de memória ou reverter o declínio cognitivo. Desenvolvido pela farmacêutica Eli Lilly, o donanemabe retardou modestamente o declínio cognitivo em pacientes nos estágios iniciais da doença.

 

Ainda que o medicamento tenha apresentou riscos de segurança significativos, incluindo inchaço e sangramento no cérebro, os consultores afirmaram que as consequências da doença de Alzheimer são tão terríveis que, mesmo benefícios modestos, justificam a utilização da medicação. O FDA, responsável pelo registro da medicação, geralmente segue os conselhos de seus comitês consultivos.

 

Veja também 

 

PAIXÃO DÁ SONO? Veja efeitos da ocitocina, hormônio do amor, no corpo

 

Hemoam terá programação especial no Dia Mundial do Doador de Sangue

O medicamento pretende retardar o início do Alzheimer atacando os aglomerados de proteína amilóide do cérebro. O ensaio clínico realizado pela farmacêutica incluiu 1.736 pacientes com Alzheimer leve, de 60 a 85 anos. A droga experimental retardou a progressão da doença em 60% deles.

 

Curtiu? Siga o PORTAL DO ZACARIAS no FacebookTwitter e no Instagram.

Entre no nosso Grupo de WhatAppCanal e Telegram

 

Metade dos pacientes conseguiu interromper o tratamento após um ano, pois já tinham eliminado os depósitos da proteína no cérebro.Um outro medicamentos foi aprovado recentemente para o Alzheimer: o Leqembi. Fabricado pela Eisai e pela Biogen, a medicação foi aprovada no ano passado, com riscos e benefícios considerados modestos, em um entendimento semelhante ao que agora foi seguido para o donanemabe. 

 

Fonte: Saúde em Dia

LEIA MAIS
DEIXE SEU COMENTÁRIO

Nome:

Mensagem:

publicidade

publicidade

publicidade

publicidade

publicidade

Acompanhe o Portal do Zacarias nas redes sociais

Copyright © 2013 - 2024. Portal do Zacarias - Todos os direitos reservados.