20 de Julho de 2024 - Ano 10
NOTÍCIAS
Concursos
28/05/2024

Em reunião com a Fundação Carlos Chagas, Defensoria Pública do Estado do Amazonas planeja novos concursos públicos

Foto: Divulgação

O objetivo dos certames é suprir a necessidade de servidores e defensores públicos no Amazonas

 A Defensoria Pública do Estado do Amazonas (DPE-AM) realizou uma reunião nesta terça-feira (28) com representantes da Fundação Carlos Chagas (FCC), em São Paulo, para planejar a realização de dois novos concursos públicos. Esses certames têm como objetivo suprir a carência de servidores e defensores públicos no Amazonas.

 

Os concursos previstos abrangem, primeiramente, a contratação de servidores para a atividade meio, que envolve funções administrativas como analista de dados, analista de informática, engenheiro de TI e cargos ligados ao planejamento administrativo. Além disso, está sendo planejado um novo concurso para a contratação de Defensores Públicos.

 

Conforme explica o Defensor Público Geral, Rafael Barbosa, os certames são importantes devido à vacância em diversas diretorias da Defensoria, causada pela saída de servidores. "Temos alguns cargos com cadastro de reserva, e estamos trabalhando para nomeá-los. Contudo, há outros cargos para os quais não temos mais cadastro de reserva, e precisamos nos preparar para evitar qualquer interrupção nos serviços prestados", explicou.

 

Veja também

 

Presidente do Tribunal de Contas do Estado do Amazonas empossa nova auditora técnica de controle externo

 

Brasil tem 43 mil vagas em concursos com salários de até R$ 39 mil

 

DEFENSORES

 

O Defensor Público Geral explica ainda que, levando em consideração o planejamento da atual gestão para nomear, o mais rápido o possível, os candidatos aprovados no último concurso para defensor, surge a necessidade da DPE-AM de se programar para fazer um novo certame e ter defensores na expectativa de nomeação. Desde março, sete novos defensores foram nomeados.

 

“Como o concurso de servidor demora cerca de oito meses para ser preparado e realizado e o certame para defensor, por sua vez, demora em média um ano e meio, nós precisamos nos antecipar e fazer esse tipo de contratação o quanto antes para que o concurso transcorra com um planejamento adequado e não tenha nenhuma intercorrência que prejudique o atendimento da população no Amazonas”, observou Rafael Barbosa.

 

Curtiu? Siga o PORTAL DO ZACARIAS no FacebookTwitter e no Instagram.

Entre no nosso Grupo de WhatApp e Telegram

 

Os concursos públicos são parte de um conjunto de ações pelas quais a Defensoria Pública do Amazonas busca ampliar o acesso à Justiça para a população. A instituição tem procurado fortalecer sua atuação em todo o Estado, garantindo que todos os cidadãos tenham acesso à defesa de seus direitos.

LEIA MAIS
DEIXE SEU COMENTÁRIO

Nome:

Mensagem:

publicidade

publicidade

publicidade

publicidade

publicidade

Acompanhe o Portal do Zacarias nas redes sociais

Copyright © 2013 - 2024. Portal do Zacarias - Todos os direitos reservados.