19 de Julho de 2024 - Ano 10
NOTÍCIAS
Ciência e Tecnologia
12/06/2024

Estudo sugere que astronautas bebam vinho tinto e comam chocolate para se manter saudáveis no espaço

Foto: Reprodução

Produtos químicos presentes nos dois alimentos podem ajudar as pessoas a lidar com o stress físico das viagens espaciais

Os astronautas que bebem vinho tinto e comem chocolate amargo podem se manter mais saudáveis no espaço. A afirmação é resultado de um estudo coordenado pela Cornell University e pelo Buck Institute e anunciado nesta semana pela revista "Nature".Cientistas descobriram, pela primeira vez, que os produtos químicos presentes nos dois alimentos podem ajudar as pessoas a lidar com o stress físico das viagens espaciais.

 

Coincidência ou não, o primeiro homem no espaço, o soviético Yuri Gagarin, levou calda de chocolate na sua viagem pioneira em 1961. Os exploradores mais mordernos, além do chocolate amargo, podem acrescentar vinho tinto e chocolate amargo ao cardápio.Descobriu-se que compostos chamados flavonóis, cujos benefícios à saúde têm sido amplamente elogiados por nutricionistas, mantêm o sistema imunológico funcionando adequadamente no espaço.

 

A descoberta ajuda os cientistas que estão investigando o impacto a longo prazo das viagens espaciais na saúde, em preparação para viagens humanas à Lua nos próximos anos e a Marte na próxima década.Decolar para o espaço e passar meses em órbita tem um impacto dramático na saúde dos seres humanos, com a intensa radiação cósmica e a microgravidade alterando a funcionalidade do corpo.

 

Veja também 

 

Estudo revela que a velocidade do som em Marte é variável

 

A ciência prova: seu signo não interfere no seu bem-estar ou na sua felicidade

Uma série de estudos revela que o tempo no espaço altera o sistema imunológico, a pele, o comprimento dos cromossomos, a ativação genética, o microbioma intestinal, o sistema reprodutivo, os hormônios, o sangue, a funcionalidade do fígado e a eficiência renal. Problemas de saúde como atrofia muscular, ossos frágeis, visão enfraquecida e pedras nos rins, já foram registrados.

 

Curtiu? Siga o PORTAL DO ZACARIAS no FacebookTwitter e no Instagram.

Entre no nosso Grupo de WhatAppCanal e Telegram

 

Cientistas e especialistas em inteligência artificial (IA) usaram o aprendizado de máquina para procurar produtos químicos que pudessem tratar o sistema imunológico dos astronautas. Um antioxidante comum chamado quercetina, um tipo de flavonol, foi capaz de reverter 70% das alterações genéticas responsáveis ??pelos problemas imunológicos no espaço. Os flavonóis são encontrados em níveis elevados em uma variedade de alimentos coloridos, incluindo cebola, couve, uva, alcaparras e frutas vermelhas. Também estão presentes no vinho tinto e no chocolate amargo.

 

Fonte: Revista Veja

LEIA MAIS
DEIXE SEU COMENTÁRIO

Nome:

Mensagem:

publicidade

publicidade

publicidade

publicidade

publicidade

Acompanhe o Portal do Zacarias nas redes sociais

Copyright © 2013 - 2024. Portal do Zacarias - Todos os direitos reservados.