NOTÍCIAS
Política no Amazonas
09/01/2020

Governo reforça atendimento na contratação direta dos técnicos de enfermagem

Compartilhar:
Foto: Bruno Zanardo/Secom

O destaque do segundo dia foi a rapidez nas contratações dos técnicos de enfermagem que já atuam na rede

Com o reforço de mais de 30 servidores, o atendimento dos técnicos de enfermagem terceirizados, nesta quinta-feira (09/01), ganhou mais rapidez.

 

Neste segundo dia das contratações diretas, 1.326 profissionais foram recebidos na força-tarefa montada pelo Governo do Estado, no Centro de Convenções do Amazonas Vasco Vasques. Com isso, já são 2.616 pessoas atendidas, das quais 1.923 estão aptas para a contratação por terem cumprido o principal requisito, que era estar na escala do mês de dezembro.


No segundo dia, a fila externa de atendimento foi zerada por volta das 14h. No setor da triagem, todos os que estavam aguardando já tinham sido atendidos antes das 17h.

 

Veja também

 

Wilson Lima destaca avanços no primeiro ano de governo e prioridades para 2020

 

Com investimento de R$ 67 milhões, Governo do Amazonas inaugurou três escolas de Tempo de Integral no interior em 2019


O atendimento continua até dia 17 de janeiro, das 8h às 17h (exceto no domingo, 12/01). Para atender à demanda, foi montada uma força-tarefa do Governo do Estado, com cerca de 180 servidores de vários órgãos. Todo o processo de contratação está sendo realizado no Vasco Vasques.


Os 1.923 aptos, até esta quinta, já saíram com sua lotação definida para assumirem seus postos de trabalho. A partir da contratação direta, aproximadamente 3 mil técnicos passam a se enquadrar no regime de servidores estaduais temporários do Estado. A contratação é exclusiva para os trabalhadores terceirizados que já atuam na rede. Os trabalhadores passarão a receber na folha do Estado, sem atrasos.


A lista de documentos e a ficha de cadastro para a contratação podem ser obtidas no site da Secretaria de Estado de Saúde (www.saude.am.gov.br).


As unidades também divulgarão as informações entre os trabalhadores.


Contratação –
Os técnicos de enfermagem precisam se encaminhar ao Vasco Vasques no horário fora de seus plantões. O contrato será em Regime Temporário (RET). O embasamento para a medida é a Lei 2.607/2000 e suas alterações aprovadas pela Assembleia Legislativa em dezembro de 2019. A legislação dispõe sobre a contratação de pessoal por tempo determinado para atender à necessidade temporária de excepcional interesse público.


Os novos servidores temporários da Susam comemoraram a contratação direta. A técnica Sirlene Azevedo Gomes já saiu nesta quinta-feira com a lotação e a escala que vai cumprir no Hospital e Pronto-Socorro Platão Araújo. Com duas filhas, a servidora temporária da Susam disse que com o primeiro salário recebido pretende comprar o material escolar das filhas.


“Ano passado eu não consegui comprar o material das minhas filhas. Todos esses anos foram anos muito difíceis para nós, porque tem muitos anos que a gente não pode contar com o nosso salário, né? Mas hoje tudo isso mudou e eu estou muito feliz”, declarou ela.


Jurídico –
Nesta quinta, o setor jurídico da Susam avaliou mais de 300 processos dos técnicos de enfermagem que não estavam na lista feita a partir da escala de plantão de dezembro.


De acordo com o setor jurídico, as escalas dos meses de novembro, outubro e dezembro 2019 e janeiro de 2020 são avaliadas para identificar se o técnico está no quadro de pessoal das unidades. A medida foi tomada para que não haja descontinuidade do serviço.


A técnica Ana Maria da Silva, do Hospital e Pronto-Socorro 28 de Agosto, teve o processo analisado e deferido em apenas um dia. “Eu gostei que tenha essa verificação, porque aí é uma coisa que é mais limpa, mais justa, entendeu? Eu acho mais justo passar pelo jurídico. Eu estou muito feliz. Eu estou muito feliz pelas minhas colegas também que vão conseguir, assim como eu consegui”, comemorou.


Ana Maria conta que apenas uma das oito empresas em que trabalhou, nos sete anos de enfermagem, pagou regularmente os salários. “Na minha opinião, o governador fez uma coisa que muitos outros que passaram deveriam ter feito. Tirar essas empresas, porque olha, eu chegava muitas vezes nos hospitais e as colegas não tinham dinheiro para comprar um leite para seus filhos”, relembrou.


Maria José de Castro também teve o processo analisado e deferido em um dia. A técnica entendeu a necessidade da avaliação do jurídico e elogiou a rapidez. “Hoje que meu nome está aí, que eu estou vendo que realmente eles estão analisando, que eles estão querendo realmente quem está na escala, entendo que estão fazendo justiça”, disse a técnica de enfermagem.

 

Reordenamento –
A contratação direta dá início ao processo de redução gradativa de serviços de mão de obra terceirizada na saúde e também segue a lógica de reordenamento do quadro de Recursos Humanos do órgão, que passa por um recadastramento em curso feito pela Secretaria de Estado de Administração e Gestão (Sead) com todos os servidores.


A medida trará importantes ganhos, entre eles economia para o Estado, com a redução de 30% no gasto com pessoal; maior salário para os profissionais, com recebimento em dia; e prestação de um melhor serviço à população.

 

Curtiu? Siga o PORTAL DO ZACARIAS no FacebookTwitter e no Instagram.

Entre no nosso Grupo de WhatApp. 


O plantão hoje pago pelas empresas é, em média, de R$ 107,00, algumas chegando a pagar menos de R$ 100. O plantão que será pago pelo Governo do Estado será de R$ 132,40. 

 

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Nome:

Mensagem:

LEIA MAIS

publicidade

publicidade

publicidade

publicidade

publicidade

Copyright © 2013 - 2020. Portal do Zacarias - Todos os direitos reservados.