NOTÍCIAS
Política no Amazonas
28/01/2021

Prefeito David Almeida diz que atuação do Ministério Público do Amazonas é ilegal e arbitrária e tomará medidas judiciais. VEJA NOTA NA ÍNTEGRA

Compartilhar:
Foto: Reprodução

Prefeito de Manaus, David Almeida

Após ser alvo de uma ação na Justiça do Amazonas impetrada pelo Ministério Público do Amazonas que pede sua prisão, o prefeito de Manaus, David Almeida, se disse indignado com a atuação ilegal e arbitrária de membros do Grupo de Atuação e Combate ao Crime Organizado (Gaeco) do MP.

 

Na nota encaminha pela Secretaria Municipal de Comunicação, o prefeito afirma que tomará medidas contra os responsáveis.

 

Veja também

 

Prefeito David Almeida consegue aprovação na Câmara Municipal de Manaus do ‘Auxilio Manauara', que irá beneficiar mais de 40 mil famílias

 

David Almeida encaminha ‘Auxílio Manauara’ para a Câmara na terça-feira

 

VEJA A NOTA NA ÍNTEGRA


O prefeito de Manaus, David Almeida, profundamente indignado com a atuação ilegal e arbitrária de membros do Grupo de Atuação e Combate ao Crime Organizado (Gaeco) do Ministério Público do Amazonas (MP-AM), em descompasso com o histórico de atuação institucional do Parquet, informa que ingressará com as medidas cabíveis contra os responsáveis. A medida cautelar foi rejeitada pelo Poder Judiciário estadual, de forma correta, principalmente por não ter havido qualquer ato realizado pelo prefeito.

 

 

Além disso, não há o menor indício de desvio de recursos públicos, ato lesivo ao erário ou repercussão criminal.

 

Curtiu? Siga o PORTAL DO ZACARIAS no FacebookTwitter e no Instagram. 

Entre no nosso Grupo de WhatsApp.

 

Reitera a confiança no Poder Judiciário, nas instituições e na gestão transparente da cidade de Manaus.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Nome:

Mensagem:

LEIA MAIS

publicidade

publicidade

publicidade

publicidade

publicidade

Copyright © 2013 - 2021. Portal do Zacarias - Todos os direitos reservados.