NOTÍCIAS
Coisas do outro mundo
27/12/2020

Saiba quem foram as 6 pessoas que tentaram se tornar imortais

Compartilhar:
Foto: Reprodução

Esse foi o desejo de várias figuras que já passaram pelo mundo.

Viemos ao mundo com poucas certezas. A primeira dela é que o tempo não para. Não importa o que façamos para mudar isso, será impossível. A segunda delas é de que, um dia, todos nós morreremos. Temos um roteiro pré-pronto, que nos permite nascer, crescer e enfim, morrer. No entanto, várias coisas podem mudar essa realidade e tudo pode acontecer. Já pensou como seria o mundo se fôssemos imortais? Há quem ache essa uma ótima coisa. Por outro lado, existem pessoas que não gostariam e dizem que o período que passamos aqui é o suficiente. Acredite, muitas pessoas já tentaram se tornar, de alguma forma, imortais.

 

Esse foi além de desejo, tornando-se o sonho de várias figuras que já passaram pelo mundo. Estudos e testes foram realizados em busca da imortalidade. E foi pensando um pouco sobre isso, que decidimos trazer essa matéria para você, caro leitor. A redação da Fatos Desconhecidos buscou e listou algumas pessoas que tentaram se tornar imortais, mas falharam, é claro.

 

Confira conosco a seguir essa lista e surpreenda-se. Aproveite para compartilhar com seus amigos desde já e, sem mais delongas, vamos lá.


Veja também


Massacre do Congo: um dos episódios mais doentios da humanidade


Horror natalino: conheça 9 criaturas que apavoram o natal pelo mundo

 

1 - Albertus Magnus

 


Albertus viveu por 80 anos, por volta no ano de 1200. Sua vida longa foi considerada um rumor de imortalidade, visto que, no passado, as pessoas costumavam morrer bem jovens por conta de doenças. Magnus foi o maior filósofo e teólogo alemão da Idade Média. Ele ainda se interessava por alquimia. Diversos livros indicam que ele teria descoberto o arsênico e feito as primeiras experiências com produtos químicos fotossensíveis.

 

2 - Diane de Poitiers

 


Por volta de 1500, na França, algumas pessoas atuavam com a medicina do envelhecimento. Elas utilizaram ingredientes como teias de aranha, minhocas e óleo de escorpião. A amante do rei Henrique II escolheu então a pior maneira de ficar jovem. Ela acreditava que beber ouro a manteria jovem e bela. Ela morreu aos 66 anos, dois anos após quebrar a perna em um acidente. O seu ouro a deixou anêmica e com os ossos fracos.

 

3 - Nicolas Flamel

 


Talvez esse seja o mais conhecido da lista, visto que já fora citado em diversas obras. Flamel viveu durante o final do século 14 e começo do século 15. Ele era um estudioso e escriba, que dedicou muito tempo do seu trabalho a traduzir um misterioso livro de alquimia. Esse trazia a receita da Pedra Filosofal. Então, Flamel e sua esposa Perenelle tentaram alcançar a imortalidade usando os segredos do livro.

 

4 - Qin Shi Huang

 


Esse foi o primeiro líder da China unificada e entra para a lista das pessoas que tentaram se tornar imortais. Após várias tentativas de assassinato, Huang ficou desesperado em busca da imortalidade. Ele mandou um servo com navios cheios de centenas de pessoas para procurar por isso na ilha mítica Penglai, o lar de imortais e do Elixir da Vida. Durante uma viagem, Qin Shi Huang morreu, provavelmente por envenenamento por mercúrio. Esse teria sido causado pelas pílulas de imortalidade que tomava, que eram feitas por alquimistas.

 

5 - Alexander Bogdanov

 


Alexander foi um médico soviético, filósofo, ativista, escritor de ficção e amante do feminismo. Foi ainda um oficial de alta patente durante a Revolução Russa. No ano de 1924, fundou o Instituto de Hematologia e Transfusão de Sangue, o que levantou a hipótese de que ele podia alcançar a imortalidade usando sangue humano. No entanto, o sangue de um paciente infectado com malária e tuberculose levou o médico à morte.

 

6 - Isaac Newton

 

Fotos: Reprodução

 

Curtiu? Siga o PORTAL DO ZACARIAS no FacebookTwitter e no Instagram.

Entre no nosso Grupo de WhatApp. 


Esse é um dos cientistas mais influentes de todos os tempos. Ele também participou de estudos de alquimia e ocultismo. Newton tentou encontrar a Pedra Filosofal. Durante o seu trabalho com alquimia, Newton sofreu um colapso nervoso, experimentando insônia, apatia, perda de apetite e paranoia. Isso, provavelmente, aconteceu por causa do seu contato com mercúrio, arsênico ou envenenamento por chumbo.

 

Fonte: Fatos Desconhecidos

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Nome:

Mensagem:

LEIA MAIS

publicidade

publicidade

publicidade

publicidade

publicidade

Copyright © 2013 - 2021. Portal do Zacarias - Todos os direitos reservados.