NOTÍCIAS
Coisas do outro mundo
10/12/2020

Tempestade solar deve atingir a terra nesta quinta, 10/12. VEJA

Compartilhar:
Foto: Reprodução

A cada 11 anos, o Sol encerra um ciclo de atividades e começa outro

“O Sol tem seu próprio ritmo”, disse o astrônomo Frédéric Clette do Observatório Real da Bélgica, que rastreia manchas solares. Pois uma explosão delas pode acontecer nesta quinta-feira (10), anunciando tempestades solares, cujos efeitos serão sentidos na Terra na forma de auroras boreais bem no meio do hemisfério norte.

 

A cada 11 anos, o Sol encerra um ciclo de atividades e começa outro, com o surgimento e o desaparecimento de manchas solares quando o Sol muda de uma estrela relativamente calma para tempestuosa. Desde que começou a ser medido, já se passaram 24 ciclos solares; o 25º começou oficialmente em dezembro de 2019.

 

As manchas solares costumam ser a fonte de erupções solares, quando ocorre a ejeção de massa coronal, como “espirros” de energia magnética que provocam auroras boreais espetaculares. A Administração Oceânica e Atmosférica Nacional (NOAA) está prevendo uma dessas amanhã, e ela promete ser bem mais forte que a ocorrida no último 29 de novembro, quando uma explosão solar classe M4.4 irrompeu na superfície do Sol.

 

Veja também

 

Alinhamento de Júpiter e Saturno, chuva de meteoros e eclipse solar: os fantásticos eventos no céu em dezembro

 

Ex-chefe de segurança espacial de Israel diz que ETs existem e Trump sabe disso

 

São cinco os níveis de intensidade pelas quais as erupções solares são classificadas. As chamadas explosões de classe A são menos intensas, enquanto as classe X são dignas de serem exibidas no clímax de um filme catástrofe (pensou-se que a ocorrida no fim do mês passado tivesse sido uma dessas; foi difícil classificá-la porque ela ocorreu na face oposta à voltada para a Terra).

 

O Space Weather administra relógios de tempestades geomagnéticas, como esse que está cobrindo o período de 9 a 11 de dezembro.

O Space Weather administra relógios de tempestades geomagnéticas,

como esse que está cobrindo o período de 9 a 11 de dezembro

 

Os astrônomos não tiveram que esperar muito pela erupção solar seguinte: no último dia 7, eles puderam ver uma explosão C7.4, com a ejeção de massa coronal bem na linha de visão do planeta. Mas não estamos nem perto do pico do Ciclo Solar 25: ele só deve acontecer em julho de 2025.

 

Mau humor em cena

 

Tempestade solar deve atingir a Terra nesta quinta (10) - TecMundo

Fotos: Reproduções

 

Explosões solares costumam ser intensificadas pelos gases eletrificados, formadores do campo magnético do Sol, criando tempestades solares que, ao atingirem a Terra, podem causar blecautes de rádio de alta frequência e interromper as comunicações – as previsões do clima solar dão tempo para os operadores se prepararem.

 

Curtiu? Siga o PORTAL DO ZACARIAS no FacebookTwitter e no Instagram. 

Entre no nosso Grupo de WhatsApp.

 

O mau humor do astro vai aumentar a beleza do eclipse total do Sol que acontecerá na próxima segunda (14), com visualização máxima em regiões do Chile e da Argentina. Quando a Lua se alinhar à estrela, a coroa solar será visível a olho nu e, com mais explosões solares, ela será ainda mais ativa, com gigantescas chamas destacando-se contra a sombra lunar.

 

Fonte: Mega Curioso

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Nome:

Mensagem:

LEIA MAIS

publicidade

publicidade

publicidade

publicidade

publicidade

Copyright © 2013 - 2021. Portal do Zacarias - Todos os direitos reservados.