21 de Julho de 2024 - Ano 10
NOTÍCIAS
Geral
12/06/2024

Três em cada dez brasileiros já se endividaram por conta de namorado, revela Serasa

Foto: Arte Pai Paulo de Oxalá

Dia dos Namorados: 55% gostam de presentear

Um namoro às vezes pode custar caro. Segundo pesquisa encomenda pela Serasa, e conduzida pelo Instituto Opinion Box, 32% dos entrevistados já se endividaram, em algum momento da vida, por conta de um parceiro amoroso. Um em cada quatro (25%) dos entrevistados contou já precisaram tomar crédito, motivados pela pessoa amada.

 

A Serasa solicitou o levantamento para entender a relação entre o coração e as finanças. Segundo a psicóloga do dinheiro Valéria Meirelles, os problemas financeiros são comuns no início de relacionamentos, pois muitas vezes os casais maquiam a verdadeira realidade para se adequarem ao outro. Para evitar isso, a saída é a conversa aberta.

 

— O estágio inicial de paixão afeta a razão e faz com a pessoa se mostre muito mais emocional, chegando a acreditar que vale qualquer esforço para seduzir o parceiro: inclusive, recorrer a um empréstimo — diz: — Porém, uma relação mais estável só se firma se se o casal falar sobre dinheiro desde o começo, a partir de situações básicas: caso um não possa ir a um restaurante mais caro ou tem um orçamento específico para o presente, por exemplo.

 

Veja também

 

Polícia Federal investiga desvio de fundo partidário do antigo Pros

 

Mulher faz bolão, não compra cota e perde R$ 11,5 milhões

 

PRESENTE: BÁSICO OU INUSITADO?

 

Segundo o levantamento, 55% dos consumidores têm a intenção de comprar presentes para alguém no Dia dos Namorados, sendo 64% deles presentes para esposas ou maridos. Os números mostram que os mimos tradicionais seguem em alta: entre as principais escolhas em 2024 estão as roupas (26%), perfumes (22%), algo simbólico, como flores e chocolates (16%), um almoço ou jantar comemorativo (15%) e equipamentos eletrônicos (14%).

 

Já em relação às famosas tatuagens com nome ou referência ao parceiro, 86% dos respondentes afirmam que não tatuariam o nome do namorado, marido ou esposa como uma homenagem ou presente especial – 7% ainda contam que teriam interesse em fazer e 7% não sabem se fariam.

 

A todos que estão fazendo gastos neste dia, a psicóloga Valéria Meirelles lembra que, mesmo que um relacionamento não seja eterno, as experiências são memoráveis – inclusive, em relação às finanças.

 

— É preciso lembrar que um ex é para sempre. As vivências passadas podem nos ajudar a nos tornar indivíduos e parceiros melhores em todos os aspectos — afirma.

 

Curtiu? Siga o PORTAL DO ZACARIAS no FacebookTwitter e no Instagram.

Entre no nosso Grupo de WhatAppCanal e Telegram

 

 

Pensando em relações anteriores, 15% dos respondentes confessaram também já terem comprado um presente e terminado a relação antes da celebração de 12 de junho.

 

Fonte: Extra

LEIA MAIS
DEIXE SEU COMENTÁRIO

Nome:

Mensagem:

publicidade

publicidade

publicidade

publicidade

publicidade

Acompanhe o Portal do Zacarias nas redes sociais

Copyright © 2013 - 2024. Portal do Zacarias - Todos os direitos reservados.