Notícias

Compartilhar Imprimir

Internacional

24/06/2019

Assassino em série do Chipre condenado a sete penas de prisão perpétua

Compartilhar:

Foto: Foto: Iakovos Hatzistavrou / AFP

Investigadores removem o corpo de uma das vítimas de um assassino em série do Chipre

 Um tribunal do Chipre condenou nesta segunda-feira (25) um militar grego-cipriota a sete penas de prisão perpétua pelo assassinato de cinco mulheres imigrantes e duas de suas filhas, um caso que comoveu a ilha do Mediterrâneo.

 

"O acusado montou uma campanha para matar mulheres indefesas", afirma uma parte da sentença, à qual a AFP teve acesso.

 

O homem se declarou culpado desde a abertura do caso. Ele admitiu ter assassinado quatro filipinas –entre elas, uma mãe com sua filha–, uma romena também com sua filha e uma nepalesa.

 

Veja também

 

'Eu me desesperei e achei que tinha caído meu rosto', diz vítima de ataque com líquido ácido em Porto Alegre

 

Daniel Alves anuncia saída do PSG, mas não revela clube de destino 

 

Os homicídios aconteceram entre setembro de 2016 e meados de 2018.

 

"Apresento minhas desculpas às famílias das vítimas e à alma das vítimas", afirmou o sentenciado, Nicos Metaxas, de 35 anos.

 

Turista encontrou o primeiro corpo


A detenção do assassino aconteceu dia 18 de abril, quatro dias depois de um turista alemão ter encontrado, sem querer, o primeiro corpo quando fotografava poços de minas no sudoeste de Nicosia, a capital e a maior cidade do Chipre.

 

O corpo de uma filipina de 38 anos, identificada como Mary Rose Tiburcio, emergiu à superfície por causa de chuvas que inundaram alguns poços.

 

Curtiu? Siga o PORTAL DO ZACARIAS no Facebook e no Twitter.

 

G1

Deixe seu comentário

Nome:

Mensagem:

publicidade

Copyright © 2013 - 2019. Portal do Zacarias - Todos os direitos reservados.