NOTÍCIAS
SÓ VÍDEOS
17/10/2020
Visualizações: 8871

BAGULHO DOIDO! Vídeo mostra usuário de drogas em crise de overdose e muito perto de uma viagem sem volta. TUDO FILMADO. VEJA AS IMAGENS

Compartilhar:
Foto: Divulgação

O jovem aparece no vídeo completamente possuído por uma alucinação satânica que todos conhecem como: vídeo das drogas

Por Almir Cardoso, editor de Polícia do "PORTAL DO ZACARIAS" - O bagulho é doido, a noia é geral e o estado de alucinação transporta o usuário da droga para um mundo totalmente infernal, que em muitos casos transforma o consumo de drogas em uma viagem sem volta, com bilhete só de ida e carimbado pela overdose letal.


Um vídeo que circula nas redes sociais e nos grupos de WhatsAp expressa muito bem um desses momentos em que o uso excessivo de narcóticos, consumidos em grupo, transforma totalmente o semblante e o corpo inteiro de um jovem dependente químico que foi muito além da beira da loucura.


Pelo que mostram as imagens, o usuário mergulhou, literalmente, no mar alucinógeno da insanidade e seus “parças”, que tudo indica, a qualquer momento também serão as próximas vítimas desse mesmo vício desgraçado, se esforçam para trazê-lo de volta ao normal, sem contudo, obter nenhum sucesso em todas as tentativas.

 

Veja também

 

Homem sente cócegas na orelha e descobre que uma aranha gigante estava morando em seu fone de ouvido

 

Xixi e cocô do pet: saiba quais sinais indicam que a saúde dele não vai bem

O poder das drogas pesadas no corpo humano é absoluto. A polícia e as autoridades combatem esse câncer maligno em todo o mundo porque é do conhecimento científico e social, como todos sabem, inclusive o usuário, que se não houver a libertação em tempo hábil, só resta um único caminho: a morte certa.

 

POUCOS SE SALVAM. QUASE TODOS PERECEM.

 

 Foto: Divulgação 

 

VEJA VÍDEO: 

COMENTÁRIOS
DEIXE SEU COMENTÁRIO

Nome:

Mensagem:

LEIA MAIS

publicidade

publicidade

publicidade

publicidade

publicidade

Copyright © 2013 - 2020. Portal do Zacarias - Todos os direitos reservados.