NOTÍCIAS
Mulher
30/06/2019

Como ajudar uma pessoa a emagrecer: você pode fazer muito mais do que imagina

Compartilhar:
Foto: Reprodução

O que podemos fazer para ajudar pessoas que amamos e que estão num processo de emagrecimento?

 Entrar em uma dieta envolve, sobretudo, disciplina e determinação para iniciar uma nova forma de se relacionar com os alimentos. Para além de fornecer ferramentas para que pessoas possam emagrecer com saúde, a reeducação alimentar é uma jornada que pede que alguns dos nossos paradigmas com comidas sejam rompidos e, por tudo isso, não é uma caminhada fácil.

 

Sendo assim, é extremamente importante e empático que pessoas que estejam nessa jornada contem com o apoio de seus companheiros ou companheiras, e de seus familiares e amigos para não deixar a peteca cair. Com isso em mente, o que podemos fazer para ajudar pessoas que amamos e que estão num processo de emagrecimento?

 

Veja também 

Jejum intermitente: médico ensina dois jeitos de fazer para perder gordura

Pimenta caiena dá energia e faz corpo queimar mais gordura no treino: como usar

 

Como ajudar quem está de dieta?



Não pressionar:
seja empático com o tempo das pessoas e seu envolvimento com a dieta.


Reconhecer as conquistas da pessoa: sejam quilos ou gramas, é importante comemorar junto à ela os frutos que essa jornada dá

 

Sugerir restaurantes com opções saudáveis: Oferecer opções de encontros e passeios que se adequem ao momento que a pessoa está passando.

 

 

Não questionar a validade da dieta: Confiar que a pessoa sabe o que é melhor para ela e que, se precisar do seu amparo, poderá contar com você.

 

Não oferecer fugas da dieta: Nada de "só hoje" ou "divide comigo essa porção". O processo da dieta não é tranquilo e pode ficar ainda mais difícil se as fugas forem oferecidas de fora.

 

 

Não questionar o propósito da pessoa: Emagrecer tem muito a ver com o modo como a pessoa se enxerga e a forma como ela quer passar a se enxergar. Inúmeros motivos podem levar alguém a fazer dieta, e não cabe à outras pessoas julgar a validade desse propósito.

 

Entender as recaídas: Recaídas acontecem e, muitas vezes, a pessoa que está fazendo dieta já se sente culpada. Por isso, o seu papel está longe de fazê-la se sentir menor e sim ser um apoio para que essa recaída seja recuperada.

 

Acompanhar pessoas em atividades físicas: Nada como demonstrar incentivo acompanhando a pessoa na atividade que pratica.

 

 


Não colocar a pessoa em situações que ofereçam tentação: Já é difícil driblar diariamente das inúmeras tentações que a sociedade oferece, então ao invés de inserir a pessoa dentro de situações onde é difícil negar um ou outro deslize, tente sugerir lugares que se adequem ao momento que ele está passando.

 

Não dar pitaco: As escolhas que levaram a pessoa à fazer dieta são frutos da sua autonomia. Acredite que ela está fazendo o melhor para si.

 

Curtiu? Siga o PORTAL DO ZACARIAS no Facebook e no Twitter.

 

 

Fotos: Reprodução


Oferecer apoio nos momentos de dificuldade: Fazer dieta não é uma constante, sempre vão existir momentos de recaída, de questionamentos, o importante é que a pessoa sinta que está fazendo o que é melhor para si e, nada melhor do que ter alguém ao seu lado para lembrá-la disso.

 

Vix.com

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Nome:

Mensagem:

LEIA MAIS

publicidade

publicidade

publicidade

publicidade

publicidade

Copyright © 2013 - 2019. Portal do Zacarias - Todos os direitos reservados.