NOTÍCIAS
Mulher
01/07/2019

Nova arma contra a celulite, procedimento é feito no consultório, em uma hora e meia

Compartilhar:
Foto: Antonio Scorza / Agência O Globo

Roberto Chacur mostra efeito da técnica GoldIncision

Dieta balanceada, exercício físico, cremes e drenagem linfática são recursos para prevenir e tratar a celulite. O cirurgião Roberto Chacur desenvolveu mais uma arma contra os furinhos: o protocolo GoldIncision , que alia preenchimento e descolamento do tecido fibroso e foi apresentado por ele este mês na Itália, no 24º Congresso Mundial de Dermatologia.

 

A técnica é aplicada em pacientes com grau avançado da infecção, no próprio consultório. O médico faz marcações nas áreas lesionadas.

 

Depois, com o paciente de pé, anestesia a área com uma agulha de ouro, ferramenta que usa também para aplicar um produto que estimula a produção de colágeno, o que é útil ainda contra a flacidez. Em seguida, os septos fibrosos que repuxam a pele para baixo, causando as cavidades, são descolados.

 

Veja também 

 

Jejum intermitente: médico ensina dois jeitos de fazer para perder gordura

 

Pimenta caiena dá energia e faz corpo queimar mais gordura no treino: como usar

 

— O protocolo é pensado para melhorar a pele como um todo. A agulha solta cada uma das fibroses. Depois, pode-se fazer as atividades diárias normalmente, só evitando exercícios físicos por sete dias e exposição da área ao sol enquanto houver inchaço ou vermelhidão. Em 30 dias faz-se uma avaliação para ver se é preciso algum retoque — explica Chacur.

 

A sessão leva de meia hora a uma hora e meia. Após o procedimento é preciso usar um curativo pelas primeiras 24 horas e uma bermuda compressiva por sete dias. A técnica, aplicada na Clínica Leger desde o início do ano, tem sido usada principalmente para tratar a celulite no bumbum, porém tem bons resultados em outras áreas do corpo, inclusive sobre cicatrizes . Pacientes crônicos só podem se submeter ao GoldIncision se estiverem com sua doença controlada, e há contraindicação para gestantes e pacientes com alterações ativas na pele. 

 

O Globo

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Nome:

Mensagem:

LEIA MAIS

publicidade

publicidade

publicidade

publicidade

publicidade

Copyright © 2013 - 2019. Portal do Zacarias - Todos os direitos reservados.