NOTÍCIAS
Manaus
17/04/2020

Novos leitos semi-intensivos estão disponíveis no Hospital de Campanha Municipal Gilberto Novaes

Compartilhar:
Foto: Divulgação

Até a noite de quinta-feira, 16/4, o hospital estava em funcionamento com a UTI 1 e uma nova unidade semi-intensiva, atendendo a um total de 22 pacientes.

O Hospital de Campanha Municipal Gilberto Novaes, gerido pela Prefeitura de Manaus e pelo Grupo Samel no bairro Lago Azul, Zona Norte, vai entregar a segunda Unidade de Terapia Intensiva (UTI 2), além de mais duas unidades semi-intensivas nos próximos dias.

 

Até a noite de quinta-feira, 16/4, o hospital estava em funcionamento com a UTI 1 e uma nova unidade semi-intensiva, atendendo a um total de 22 pacientes.

 

“É uma boa notícia para quem está precisando de atendimento no momento", disse o prefeito Arthur Virgílio Neto. "Tomamos a decisão assertiva de criar esse hospital em parceria com a iniciativa privada e que tem sido fundamental para a população de Manaus e do Amazonas, salvando vidas durante a pandemia de Covid-19", afirmou.

 

Veja também 

 

Com 1.350 casos de coronavírus em Manaus, 15 mil funcionários voltam ao trabalho em polo industrial

 

Amazonas registra 1.484 casos de covid-19 e 90 mortes. Quadro de profissionais da saúde será reforçado com intensivistas

 

Segundo o diretor da Samel, Ricardo Nicolau, as obras de adaptações da UTI 2 e as semi-intensivas 2 e 3 da nova unidade foram finalizadas. "Vamos começar a receber pacientes nesses novos leitos e estamos trabalhando em ritmo acelerado e disponibilizando toda a qualidade do Grupo Samel, para que o hospital da Prefeitura de Manaus atenda da melhor maneira possível a todos os pacientes vítimas do novo coronavírus”, informou.

 

Médico responsável pelo hospital de campanha, George Bady, também defendeu que o isolamento social é fundamental para manter o controle do vírus. Ele também fez um alerta sobre o perfil da maioria das vítimas do novo coronavírus.

 

Curtiu? Siga o PORTAL DO ZACARIAS no FacebookTwitter e no Instagram
Entre no nosso Grupo de WhatsApp.

 

“Estamos com 22 pacientes, sendo 17 na UTI e cinco na semi-intensiva. Um paciente recebeu alta da UTI para a semi e apenas um está em estado grave, porém estável. Todos estão fazendo uso da ventilação não invasiva. Analisamos o perfil médio dos pacientes mais vulneráveis a esse vírus são homens de 30 a 89 anos, com predominância entre 50 e 60 anos, e tendo a obesidade como fator de risco”, apontou Bady.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Nome:

Mensagem:

LEIA MAIS

publicidade

publicidade

publicidade

publicidade

publicidade

Copyright © 2013 - 2021. Portal do Zacarias - Todos os direitos reservados.